Bortolin confirma favoritismo e vence em Primavera com quase 70% dos votos...
Fullbanner1


Macropel

Bortolin confirma favoritismo e vence em Primavera com quase 70% dos votos válidos

Fonte: Da Redação
SHARE
Leonardo Bortolin, centro da foto, e vice, Sérgio Fava, ao seu lado (óculos), venceram com percentual de votos maior que Getúlio Viana conseguiu, em 2016.

O PMDB tem definitivamente nas mãos uma outra importante prefeitura em Mato Grosso. Leonardo Bortolin, o Léo (PMDB), acaba de ser eleito, neste domingo (19), o novo chefe do executivo de Primavera do Leste, confirmando o favoritismo para ele atribuído desde a confirmação do seu nome para a disputa.

Ao todo, 17.608 primaverenses votaram a seu favor, enquanto outros 7.817 preferiram a candidata Carmen Betti (PSC). Sendo assim, 69,25% dos votos válidos foram para o candidato, o que acabou passando em percentual o que conseguiu o ex-prefeito Getúlio Viana (PSB), em 2016, que concorreu sub judice e conseguiu 64,18%.

Eleito vereador pela população em outubro do ano passado e presidente da Câmara Municipal no início deste pelos novos membros da atual legislatura, o jovem peemedebista, de 31 anos, já iniciou 2017 no comando da Prefeitura em virtude de Viana não ter conseguido sua diplomação.

Em 15 de janeiro, o ex-prefeito conseguiu uma liminar que lhe garantiu o mandato até 6 de setembro, quando definitivamente foi condenado e cassado por ser ficha suja. Léo assumiu temporariamente, se candidatou no pleito extemporâneo chamado e, agora, consegue o mandato em definitivo pelas mãos do povo, com apoio esmagador também da classe política.

A não ser o próprio PSC de Carmen e o PDT de Zeca Viana, irmão de Getúlio, o PRB, PP, PT, PTB, PR, DEM, PMB, PSB, PV, PRP, PSD, SD e PROS o apoiaram na chapa formada junto ao vice Sergio Fava (PR).

Currículo 

Leonardo Tadeu Bortolin é natural da cidade de Rio Claro, interior de São Paulo, nascido em 13/09/1986, filho de Dimas Tadeu Bortolin e Maria Isabel Bortolin. Aos 7 anos mudou-se para Americana (SP), onde permaneceu até completar seus 16 anos, quando então veio com sua família residir em Primavera do Leste. Com 14 anos, ingressou na UJS (União da Juventude Socialista), tendo militado e sido eleito presidente do Grêmio Estudantil por dois anos consecutivos.

Em Primavera do Leste, concluiu o ensino médio e, ao completar 18 anos, por convite do então vereador Valdir Machado, entrou para a Câmara Municipal no cargo de assessor parlamentar. No biênio seguinte, sob a presidência do vereador Eraldo Fortes, fora convidado a assumir a Secretaria da Presidência, cargo em que permaneceu também durante os dois anos posteriores com o então presidente Paulo Castanõn.

Em 2011, por convite do presidente eleito Felipe Nogueira, assumiu novamente o cargo de assessor parlamentar. No mesmo ano, acabou se mudando a capital do estado, onde assumiria um cargo de assessoria na Assembléia Legislativa junto ao então deputado estadual Luizinho Magalhães. Lá permaneceu até maio de 2012, ocasião em que se afastou da esfera estadual com a finalidade de concorrer a vereador no município de Primavera do Leste.

Obteve êxodo no processo eleitoral com 2.249 votos. Atualmente, além de ser bacharel em Administração de Empresas, está concluindo graduação em Gestão de Pessoas e Recursos Humanos, e possui cinco cursos na área de controladoria interna, ouvidoria pública, redação oficial, cerimonial e protocolo, dentre outros.

 

Montreal