Bezerra vira “imortal” e sobrevive a novo mandato
Adventista



Bezerra vira “imortal” e sobrevive a novo mandato

Fonte:
SHARE

O deputado federal Carlos Bezerra (MDB) pode ser considerado um “imortal” na política. Bezerra que tem quarenta anos de carreira foi o único deputado federal de Mato Grosso da atual legislatura a garantir reeleição.

O parlamentar que segue para mais um mandato em Brasília obteve 59.155 votos e terminou o processo de votação na quinta posição. Por outro lado, os deputados Valtenir Pereira (MDB), Ezequiel Fonseca (PP) e Vitório Galli (PSL) ficaram de fora e saíram derrotados das urnas; Adilton Sachetti (PRB) e Nilson Leitão (PSDB) disputaram o senado com Fábio Garcia (DEM) concorrendo a suplência de Jayme Campos; Ságuas de Moraes encerrou a carreira política.

Bezerra que fez uma campanha discreta, de certa forma surpreendeu e venceu companheiros de partido como Valtenir Pereira e Juarez Costa, o primeiro não foi eleito e o segundo terá mandato em Brasília, mas com menos votos que Bezerra.

Além de Bezerra, se elegeram para Federal: Nelson Barbudo (PSL), José Medeiros (Podemos), Emanuelzinho, Neri Gueller, Doutor Leonardo, Rosa Neide e Juarez Costa.

Bezerra, além de deputado federal, foi senador, prefeito de Rondonópolis, por duas vezes, governador e deputado estadual.