Bezerra quer candidato do PMDB em Cuiabá, mas pode desistir para apoiar...
Supermoveis

Fullbanner2


Bezerra quer candidato do PMDB em Cuiabá, mas pode desistir para apoiar Mendes

Fonte:
SHARE
Foto: Internet

Presidente do diretório estadual do PMDB, o deputado federal Carlos Bezerra afirmou, durante o encontro da executiva do partido, que o objetivo da sigla é conquistar o comando de 45 prefeituras em Mato Grosso. Hoje o partido tem 30 prefeitos eleitos.

Apesar de dizer que o PMDB busca uma candidatura própria na Capital, Bezerra disse que o apoio à reeleição de Mauro Mendes (PSB) não está descartado. Ainda segundo o líder do PMDB estadual, o senador Blairo Maggi, de saída do PR, é quem estaria ajudando nesta aproximação.

“A aliança com o Mauro pode se dar, dependendo da conversação que a gente vai ter. Ela não é inviável, mas precisa ser feita de modo bem claro. Cuiabá, pelo que eu sei, vai ter mais de 6 candidatos”, disse.

Bezerra criticou a posição do governador Pedro Taques (PSDB), que afirmou recentemente que não subiria em palanques tucanos em que houvessem alianças com o PMDB. Para Bezerra, Taques tem que repensar sua ideia, pois, caso Mauro Mendes se candidate novamente a prefeito, nada seria mais justo que receber o apoio do chefe do Executivo.

“Acho até que seria uma obrigação, afinal Mauro apoiou a candidatura dele ao governo, seria uma forma de reconhecer o apoio que ele recebeu nas eleições passadas, seria até meio natural”.

Os possíveis candidatos à prefeitura da Capital, além de Mauro Mendes, são Ludio Cabral (PT), Serys Slhessarenko (PRB), Julier Sebastião (PDT), o ex-deputado estadual e federal Joaquim Sucena (PP), Procurador Mauro (PSol). Até o momento, apenas Serys confirmou a pré-candidatura.

VÁRZEA GRANDE

Conforme Carlos Bezerra, o PMDB vem discutindo um nome para concorrer nas eleições municipais em Várzea Grande. A tendência é que até fevereiro a sigla apresente um candidato.

NOVAS FILIAÇÕES

Durante a reunião da executiva, a deputada estadual Janaína Riva oficializou a troca do PSD pelo PMDB e disse que está esperando apenas a promulgação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 113/2015, que cria janela para troca de partidos. A parlamentar se juntará aos parlamentares Baiano Filho, Silvano Amaral e Romoaldo Júnior.

Nesta segunda-feira, Bezerra também confirmou o convite de filiação a Emanuel Pinheiro (PR) e já deu como certo a entrada do republicano. Com isso, subiria para cinco o número de parlamentares peemedebistas.

“Emanuel deve filiar ao partido depois da promulgação da PEC. Ele foi convidado por mim e pelo Blairo”, completou.

 

Fonte: Fernanda Escouto/HiperNotícias

Montreal