Audiência pública discute ações do plano municipal de saneamento básico de Rondonópolis
Supermoveis



Audiência pública discute ações do plano municipal de saneamento básico de Rondonópolis

Fonte: Da redação
SHARE

Em audiência pública realizada na Câmara Municipal de Vereadores, o Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear), Secretaria Municipal de Meio Ambiente, junto aos membros dos Comitês executivo e de coordenação do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), estiveram apresentando e discutindo com toda a população o planejamento de ações de saneamento para o município, atendendo aos princípios da política nacional de saneamento básico, inserida na lei n° 11.445/2007.

Abrindo o evento, a diretora geral do Sanear e presidente do Conselho Municipal de Saneamento Ambiental – COMSAN, Terezinha Souza, destacou a importância da efetiva participação popular na constituição do Plano Municipal de Saneamento Básico. “Foi feito todo um planejamento para o sistema de abastecimento de água, em virtude do crescimento da cidade. Em relação ao esgotamento, drenagem urbana, temos que planejar, realizar grandes obras e obter recursos. Mas com o engajamento de toda a sociedade, alcançaremos melhorias significativas para o saneamento de Rondonópolis”, disse.

Durante a audiência, foi apresentada uma síntese das propostas elaboradas desde o ano de 2015 para o PMSB, com as informações mais relevantes do sistema de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, manejo dos resíduos sólidos, e do sistema de drenagem e manejo das águas pluviais. Também foi exposta a atual situação do município, com destaque para os pontos positivos e negativos.

Os cidadãos presentes opinaram principalmente sobre obras fundamentais, em caráter de urgência no esgotamento sanitário e drenagem de águas pluviais no perímetro urbano. Solicitando aos agentes públicos, que o Plano integre ações de curto prazo para atender as reivindicações.

O evento também contou com a presença do representante do Ministério Público Estadual, o Promotor Ari Madeira, que fez importantes contribuições durante a apresentação. “A realização desta audiência pública é a oportunidade da população e poder público estabelecerem metas para o acesso a serviços de boa qualidade, atendendo as necessidades da população para decidir quando e como garantir evoluções para os serviços de saneamento básico”.

Após a implementação de novas metas, foi definida uma data para a 3ª Audiência Pública do PMSB, no dia 25 de junho, na Câmara Municipal com a apresentação de novas ações e concretização dos esclarecimentos à população.