Audiência discute propostas para a Segurança Pública em Primavera do Leste
Supermoveis

Fullbanner2


Audiência discute propostas para a Segurança Pública em Primavera do Leste

Fonte:
SHARE

Dezenas de pessoas lotaram o auditório da câmara municipal de Primavera do Leste na noite da quinta-feira, 19, para acompanhar e participar da Audiência Pública que discutiu propostas e sugestões sobre a Segurança Pública no município. O encontro foi de iniciativa do Ministério Público, através do promotor de Justiça Adriano Roberto Alves e trouxe ao município o secretário estadual da pasta, Mauro Zaque.

Além do secretário e do Promotor, ocuparam a Mesa de Honra, o vice-prefeito Eraldo Fortes, representando o prefeito Érico Piana, além do presidente da câmara Josafá Martins e representantes do Judiciário, polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal.

O promotor Adriano Alves fez a abertura do evento, agradecendo a presença maciça da sociedade e destacou que “a segurança precisa ser discutida pelos cidadãos em conjunto com as autoridades, para que as propostas se aproximem ao máximo daquilo que a sociedade necessita”. Em seguida fez o uso da tribuna o secretário estadual, Mauro Zaque, que também é promotor de Justiça, licenciado.

“Nosso governo sabe quais são os anseios da sociedade e estamos nos encontrando com a população para montarmos uma política mais consistente e dentro da realidade. Nosso estado vem enfrentando problemas na área da Segurança Pública há anos, principalmente pela falta de efetivo, que não acompanha o crescimento. Agora isso é nossa responsabilidade e estamos trabalhando para melhorar este panorama”, afirmou.

NOVOS CONCURSADOS

Mauro Zaque anunciou que nas próximas semanas estarão aptos a assumirem as funções mais 600 policiais civis que estão concluindo a formação. Além disso, mais 600 policiais militares também deverão concluir a academia até o mês de julho e havendo autorização, outro número semelhante de praças será convocado até o fim do ano.

“Estamos fazendo um estudo e estes policiais serão distribuídos pelo estado, mas não posso garantir o número certo para este ou aquele Comando. As Audiências estão sendo realizadas justamente para levantarmos esta realidade e podermos dar um direcionamento correto”, frisou o secretário.

Com relação a Primavera, o secretário reforçou que em sistema emergencial, caso haja demanda nas investigações e expedição de mandados de busca, apreensão e de prisão, o estado pode enviar quantos policiais forem necessários para contribuir com o efetivo local. “Já me comprometi com o Comandante da Polícia Militar e com o delegado Regional da Polícia Civil, neste sentido”, disse ele.

Sobre a participação do município nas ações e investimentos da segurança ele também fez questão de destacar a parceria que existe. “Não posso deixar de fazer justiça que nesta cidade temos grande ajuda do Poder Público municipal. Mesmo não sendo a responsabilidade direta do município, mas aqui temos este respaldo e preciso agradecer ao vice-prefeito e ao prefeito, independentemente do partido ou bandeira política”, ressaltou.

Após responder a todos os questionamentos da população, Mauro Zaque se disse satisfeito com o resultado da Audiência, a qual segundo ele vai contribuir muito para a implementação de uma política mais forte na área da segurança no estado.

MUNICÍPIO

O vice-prefeito Eraldo Fortes agradeceu a iniciativa do Ministério Público e relatou que o município está à disposição no que for necessário para ajudar as ações que combatam a criminalidade. Para ele a população precisa ter a sensação de segurança, que oferece tranquilidade no dia a dia e para isso o Executivo não mede esforços para ajudar no que for necessário e dentro das possibilidades.

“Ouvir a sociedade, os responsáveis pelas políticas de segurança é muito bom. Estão de parabéns todos que se empenharam neste encontro. É uma esperança que se renova, principalmente com o novo governo do estado. Esta nova proposta, este novo planejamento deverá atingir a todos e isso nos deixa muito contente”, disse Eraldo.

Para ele, todos unidos podem coibir de forma alternativa e efetiva a violência e esse entusiasmo por parte de todos oferece resultados eficazes.

 

 

Montreal