Atletas de Luta Olímpica vão representar Cuiabá no estadual dos Jogos Escolares
Fullbanner1

Fullbanner2


Atletas de Luta Olímpica vão representar Cuiabá no estadual dos Jogos Escolares

Fonte:
SHARE

“A participação da Luta Olímpica nos Jogos Estudantis Cuiabanos amplia a difusão do esporte por meio da rede de escolas públicas e privadas”, diz FMTJJLA

Dez atletas se consagraram campeões na primeira participação da Luta Olímpica nos Jogos Estudantis Cuiabanos (JECs), no último sábado (30.05), no Palácio das Artes Marciais Iusso Sinohara, em Cuiabá. A competição, organizada pela Prefeitura Municipal com apoio da Federação Mato-Grossense de Jiu-Jitsu e Lutas Associadas (FMTJJLA), compõe o calendário do Comitê Olímpico do Brasil (COB). Com o resultado, os vencedores vão representar a capital na fase Estadual dos Jogos Escolares da Juventude, que será entre julho e agosto, em Cuiabá.

De acordo com o presidente da FMTJJLA, Francisco Fernandes, mais conhecido como “Chicão”, a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SMCET), sob o comando do secretário Alberto Machado, foi a principal responsável por viabilizar a inclusão da Luta Olímpica nos JECs. Segundo Chicão, o reflexo da integração será positivo e fundamental para a solidificação da Luta Olímpica em Mato Grosso, pois ampliará a procura por parte das escolas, públicas e privadas, pela modalidade para inserção em seus quadros de atividades esportivas.

“O maior agente difusor do esporte é a escola. Por ter a incumbência de trabalhar o desporto educacional, é através dela que ocorre o primeiro contato da criança com a prática esportiva. E com isso ela acaba moldando e identificando atletas para o desporto de alto rendimento. Então, ao incluir a Luta Olímpica nos JECs, amplia-se o envolvimento das escolas com a modalidade, o que faz com que se desenvolva por levar a luta ao conhecimento da população e, especialmente, para a base, que são os estudantes”, avalia o presidente da FMTJJLA, Chicão.

Segundo o representante indicado pelas federações à presidência do Conselho Estadual de Desporto de Mato Grosso (Consed), Francisco Fernandes Junior, popularmente “Chiquinho”, outro facilitador da Luta Olímpica é a possibilidade de se obter recursos junto à programas estaduais e federais de incentivo ao esporte. O que permite que as escolas pleiteiem fundos que viabilizem financeiramente a introdução da modalidade dentre os desportos praticados dentro das dependências das instituições.

“O baixo custo envolvido na implantação de espaços para a prática de Luta Olímpica tornam a modalidade um esporte democrático, pois todos os estratos sociais podem treinar. Só é preciso de um recinto, tatame, malha própria para a prática da luta e de um professor de educação física, que pode ser o mesmo que a escola já possui. Não há necessidade de uma outra graduação ou especialização. Ele só precisa fazer uma capacitação junto à federação que estará apto para ministrar mais esse esporte”, explica Chiquinho.

Campeão

Guilherme Fonseca Carvalho
Guilherme Fonseca Carvalho

Guilherme Fonseca Carvalho, 15 anos, é um dos atletas classificados para a fase estadual dos Jogos Escolares da Juventude. Ele começou a praticar artes marciais aos cinco anos de idade, inicialmente nos tatames do Jiu-jitsu, por influência do pai, e, aos 14 anos, também passou a treinar Luta Olímpica. Prestes a fazer 16 anos, o jovem já têm 10 anos de artes marciais, com diversas medalhas, inclusive, foi bronze na fase nacional dos Jogos Escolares da Juventude, em 2013. A primeira medalha mato-grossense em certames nacionais de Luta Olímpica.

Guilherme Fonseca Carvalho - 30-05-15 (5)“Estou classificado para o estadual e, se vencer lá, vou ir novamente para o nacional. No nacional o porte dos lutadores, técnica e pegada são diferentes. Lá os embates são mais difíceis. Nasci na cidade de Jardim, no Mato Grosso do Sul, mas moro em Cuiabá fazem quatro anos. E treino diariamente para representar Cuiabá nessas duas competições”, diz Guilherme.

Classificados – Categoria A (15 a 17 anos)

Masculino
Peso Pesado: Josiel de Oliveira (Colégio Isaac Newton – Cin)
Peso Médio: Guilherme Fernandes Fonseca Carvalho (Cin)
Peso Leve: Kelvyn Henrique Sena (Cin)

Feminino
Leve: Kellen Lorayne Ferreira Silvério (Colégio Liceu Cuiabano)

Classificados – Categoria B (12 a 14 anos)

Masculino
Pesado: Igor Fernando Alves de Queiroz (Cin)
Médio: Felipe Figueiredo de Almeida Maciel (Colégio Salesiano Santo Antônio)
Leve: Guilherme Barros de Arruda Porto (Cin)

Feminino
Pesado: Kethyle Lorenna Ferreira Silvério (Colégio Alcebíades Calhau)
Médio: Jéssica Cartaxo Pires (Cin)
Leve: Ingrid Vitória Costa de Oliveira (Colégio Liceu Cuiabano)

Montreal