Até outro dia próximo, Jayme indica “ódio no coração” da gestão Taques
Supermoveis



Até outro dia próximo, Jayme indica “ódio no coração” da gestão Taques

Fonte: Da Redação NMT
SHARE
Taques chegou a aventar publicamente a possibilidade de união com o veterano até pouco tempo atrás. Foto - Arquivo GCOm

Por boa parte do período pré-convenções e durante todo o primeiro semestre, o ex-senador Jayme Campos (DEM), por vários momentos, esteve conversando com o atual governador, Pedro Taques (PSDB), no sentido de poder compor chapa com o mesmo em seu projeto de reeleição, imaginando uma saída para uma possível recuada de Mauro Mendes (DEM) do projeto Palácio Paiaguás. Foi só efetivar a vinda do ex-prefeito de Cuiabá para a disputa que Taques, antes possibilidade de aliado, passou a ter todos defeitos do mundo na boca de Campos. Em fala num evento político dessa semana, Jayme garantiu que a gestão de Mendes será diferente da que os mato-grossenses estão tendo que conviver atualmente. “Não será um governo como o que está aí, que não respeita a sociedade e não satisfeito em não respeitar a maioria da população, é um governo que só olha no retrovisor. Me parece que tem ódio no coração”. A velha política segue sendo a velha política e Jayme segue sendo Jayme…