Associação de Mulheres passa a integrar Patrulha de Assistência à Vítima da...
Fullbanner1

Fullbanner2


Associação de Mulheres passa a integrar Patrulha de Assistência à Vítima da PM

Fonte: Ana Flávia Dorsa
SHARE
Foto: Assessoria

A Associação de Mulheres de Rondonópolis e Região Sul do MT à convite da Patrulha de Assistência à Vítima (PAV ), um programa de atendimento da Polícia Militar, participará dos plantões de todas as quintas-feiras, fazendo o acompanhamento junto aos militares à pessoas vitimadas. O trabalho é realizado por uma patrulha constituída por policiais militares e civis multidisciplinares que atendem de 07h30 às 12h todas terças e quintas-feiras.

Esses atendimentos é um sistema que permite às vítimas encontrar uma forma de solucionar problemas graves que, em muitas situações, já duram há vários anos e vem repetindo há tempos. Ao final de cada atendimento é elaborado um relatório para encaminhamento das vítimas à grupo de apoio, além de atividades profissionalizantes. O PAV foi idealizado pelo 4°Comando Regional criado mediante o conjunto de esforços da PM e PJC para manutenção da segurança pública.

No 1° atendimento já percebemos o quanto as vítimas se sentem protegidas e especiais. Trabalhamos com uma abordagem humanizada aproximando a comunidade com os integrantes da patrulha. Durante os trabalhos, a Associação estará sendo representada pela presidente Sandra Raquel que tem em seu currículo experiência desse tipo de atendimento, além de ser estagiária do curso de mediação e conciliação judicial.

CAPACITAÇÃO: A presidente Sandra Raquel disse que nos próximos dias capacitará outras mulheres para que participem em nome da Associação dos plantões da patrulha.

Montreal