Assassino revela que urinou em vítima antes de matá-la em MT
Adventista



Assassino revela que urinou em vítima antes de matá-la em MT

Fonte: Da redação, com Folhamax
SHARE

Um dos suspeitos de participar da morte do andarilho Roberto Bernardinho da Silva, 46 anos, assassinado a golpes de foice, contou que torturou e até urinou no rosto da vítima antes de matá-la. O caso ocorreu na última quarta-feira (16), em Pontes e Lacerda (443 km de Cuiabá).

De acordo com o site Folhamax, Roberto foi encontrado morto às margens da BR 174, com diversos ferimentos no corpo proveniente de foice. A arma do crime também foi encontrada ao lado do corpo.

O crime deixou a cidade “chocada”, já que um dos suspeitos preso se passou por testemunha do crime para despistar a policia. Os presos pelo crime são o casal Ilvani Ribeiro de Souza da Silva, 37 anos, e Silvino da Silva, 33, além de Eberton Luíz Gomes, 29, e Anderson Martins, 29.

O quarteto torturou a vítima antes de matá-la. Além de amarrar e agredir a vítima, um dos suspeitos, Anderson, também chegou a urinar no rosto de Roberto.

Ele foi preso junto com Eberton na saída da cidade. O crime pode ter sido motivado por ciúmes que Silvino sentia da sua esposa.

Ele discutiu com a vítima por conta disso e decidiu, junto com os comparsas, executar o crime. O caso é do delegado André Luís Barbosa, que decretou a prisão dos quatros atuados por homicídio qualificado.