Aprovados em concurso para agentes penitenciários cobram vereadores durante sessão
Adventista



Aprovados em concurso para agentes penitenciários cobram vereadores durante sessão

Fonte: Bruno Pinheiro
SHARE
Foto: Internet.

Nesta quarta feira (12), os aprovados no Concurso Público para Agente penitenciário ocuparam a Câmara Municipal de Rondonópolis para cobrar a convocação dos aprovados.

O representante dos Agentes penitenciário Vagner silva destacou a situação do Rio de Janeiro (RJ) e Pará (PA). De acordo com Vagner o estado do RJ, foi avisado há pelo menos 10 anos atrás que o crime organizado poderia tomar conta, e hoje está um causo e foi necessário uma intervenção militar.

A manifestação com faixas e cartazes ocorreu afim de um apoio dos vereadores, para que possa cobrar ao governo do estado a convocação dos novos agentes.

Vagner destacou ainda a situação do presidio da Mata Grande hoje em Rondonópolis (218 km de Cuiabá).

“Superlotada, servidores trabalhando em estresse, com depressão e servidores trabalhando em turno dobrado para defender a segurança. Não queremos que Mato Grosso se torne um exemplo do Rio de Janeiro” disse Vagner.

O Conselho Nacional de Politica Penitenciaria Criminal indica um agente para cada cinco reeducando, porém isso não acontece em Rondonópolis.

Carlito oliveira foi aprovado no concurso e também foi protestar na Câmara Municipal, e destacou a tentativa de fuga no presidio da Mata Grande, e isso se deve a falta de efetivos afirmou o aprovado.

“Foi divulgado uma lista de convocados, porém nesta lista de 200 aprovados não tem nenhum agente de Rondonópolis, então queremos saber quando será reforçado o efetivo local” disse Carlito.

Em Abril deste ano a penitenciaria Mata Grande recebeu cerca 59 presos, transferidos da PCE, penitenciaria central do estado de Mato Grosso.

O problema é que os criminosos foram levados para um local que já sofre com a superlotação. A penitenciária de Rondonópolis tem capacidade pra 892 presos, mas, antes mesmo da transferência, já contava com 1.320 detentos, segundo a própria Sejudh.

O concurso público para agente penitenciário, publicado em 2016, foi homologado no mês passado. Em Rondonópolis, mais de 120 candidatos foram aprovados, mas eles continuam sem saber quando serão chamados.

Por nota, a Sejudh afirmou que ainda não convocou os aprovados porque o concurso foi feito para cadastro reserva e que, a partir de abril, começará a convocar os aprovados.