Aprosmat marca presença na 44ª Exposul de Rondonópolis
Fullbanner1

Fullbanner2


Aprosmat marca presença na 44ª Exposul de Rondonópolis

0
Fonte:
SHARE
Foto:Assessoria.

A Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat) vai participar entre os dias 8 e 13 de agosto, da 44ª Exposul em Rondonópolis. A feira será palco de importantes debates para o setor do agronegócio e trará uma vitrine de inovações, onde produtores de todo o estado vão encontram subsídios necessários para todos os questionamentos que permeia o processo de produção.

No mesmo evento a Aprosmat vai expor por meio de um estande todas as pesquisas que envolvem o estudo de controle e manejo de infestação de nematoides nas regiões de Mato Grosso. Durante o evento serão divulgados os trabalhos realizados no laboratório, como prestação de serviços em analises nematologicas, trabalhos de pesquisas para empresas e apoio técnico para os produtores agrícolas.

O laboratório da Aprosmat preocupa-se com a qualidade dos serviços prestados para isso atende os requisitos da ABNT NBR ISO IEC 17025: 2005 – requisitos gerais para a competência de laboratórios de ensaios e calibração, que assegura a confiabilidade dos resultados das análises, satisfazendo as necessidades dos clientes e promovendo o desenvolvimento da agricultura. É uma empresa de excelência em análises, devido à sua posição estratégica, atendendo clientes de todo o país.

A qualidade dos seus serviços prestados e a satisfação dos clientes são prioridades para o Laboratório de Nematologia da Aprosmat que, para tanto, mantém seus colaboradores treinados e atualizados, além de dispor de equipamentos de última geração e excelente estrutura física. A Aprosmat também vai demonstrar o trabalho realizado pelo Laboratório de Análise de Sementes. O qual oferece avaliação da qualidade das amostras entregues ao laboratório, por meio de testes de tetrazólio, pureza, identificação e quantificação de sementes esverdeadas, germinação, entre diversos outros.

O teste de tetrazólio (Tz) é rápido e de grande importância porque fornece informações preciosas ao produtor, além da viabilidade das sementes, o mesmo informa sobre o vigor e ainda identifica os possíveis problemas que afetam o desempenho das sementes, tais como, danos mecânico, por umidade e percevejo.

Com os resultados dos testes o produtor terá condições (ferramentas) para decidir sobre o destino de sua lavoura, se a soja será beneficiada como semente ou vendida como grão. Com o plantão pré-colheita, os resultados dos testes poderão sair no mesmo dia, dependendo do horário de entrada da amostra no laboratório. A feira que acontece no Parque de Exposições Wilmar Peres de Farias.

Aprosmat – Criada em 1980, a associação tem como objetivo incentivar e expandir o comércio de sementes no Estado de Mato Grosso com disciplina, organização e ética. Sua atividade é orientar e divulgar aos seus associados: leis, portarias, notícias, informações técnicas e defender os interesses dos associados junto aos poderes públicos e demais entidades e órgãos de classe.

No entanto, nos últimos anos esse trabalho tem rompido as fronteiras e alcançado outros estados produtores, uma vez que a produção agrícola brasileira se destaca no cenário mundial, e a Aprosmat é pioneira na organização do setor produtivo. Hoje, a entidade é referência nas áreas em que atua sendo reconhecida como uma empresa de qualidade, buscando sempre proporcionar parcerias com o setor público e privado, agilizando os interesses da classe de modo rápido e diferenciado.

A entidade foi a grande propulsora de todo movimento que tem hoje no Mato Grosso. Entre elas incluem-se Fundação Mato Grosso, Associação dos Produtores de Soja e Milho (Aprosoja) e Associação dos Produtores de Algodão (Ampa). O perfil técnico, os laboratórios da Aprosmat são respeitados em todo Brasil. A Aprosmat é a mãe de todas as estruturas que foram criadas depois dela.

Para o presidente da Aprosmat, Carlos Ernesto Augustin, a entidade desde sua criação vem superando desafios, um deles é produzir sementes de qualidades em áreas onde existem grandes dificuldades como clima, solo e riscos de pragas.

“A Aprosmat colaborou muito com o crescimento da produção de sementes e grãos no Estado, fornecendo sementes de alta qualidade (com boa germinação, com bom vigor), e garantido uma competitividade saudável e assim evitando a concentração de produção e o abuso de poder econômico”, finalizou Augustin.

Fonte:PautaPronta.

Montreal