Após Cruzeiro levar empate, Mano se diz “descontente” com lance de gol
Fullbanner1



Após Cruzeiro levar empate, Mano se diz “descontente” com lance de gol

Fonte: GloboEsporte.com
SHARE

Um gol aos 47 minutos do segundo tempo, de Caio Dantas, impediu o Cruzeiro de deixar o Triângulo Mineiro com três pontos. Assim, a Raposa, com o empate em 2 a 2 com o Uberlândia (veja os gols no vídeo acima), além de somar apenas um ponto, viu a ideia de terminar a fase de classificação do Campeonato Mineiro na primeira colocação ir por terra. Com o empate da noite desta segunda-feira, o Atlético-MG confirmou a liderança e as vantagens nas próximas fases do Estadual.

O técnico Mano Menezes lamentou mais a forma como o Cruzeiro levou o empate, quando já havia reforçado o setor defensivo com a entrada de Lucas Silva.

– Dizer que foi um jogo duro, bem disputado. Levamos um gol
cedo, tivemos os méritos de controlar o jogo, buscar o empate, conseguimos no primeiro tempo, com um pênalti. Viramos o
placar no segundo tempo, com o Ábila. O Uberlândia teve algumas chances, principalmente
pelas laterais, que eles usam muito. Deixamos escapar no final, na hora de
fechar o jogo, de uma maneira que deixa a gente descontente, obviamente, porque
esperávamos a jogada, sabíamos que eles iam fazer. Colocamos um terceiro
volante justamente para fechar a frente da área. Mas é assim mesmo. Não podemos
dizer que foi injusto. Os dois times tiveram oportunidades. Depois do segundo
gol, poderíamos ter aproveitado melhor os contra-ataques.

Sobre o pênalti marcado em Ramon Ábila, no fim do primeiro tempo, que originou o gol do empate em 1 a 1, e que foi bastante contestado pelos jogadores e torcedores do Uberlândia, Mano disse que, após a partida, viu o lance pela TV.

– Demorei um pouco para sair (do vestiário para a entrevista coletiva) porque queria ver a imagem de
maneira mais clara, mas não tem uma imagem por trás do gol que mostra se o
jogador foi ou não agarrado.

Quando um repórter disse que, na saída de campo, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro teria pedido desculpas ao técnico Paulo César Catanoce, Mano evitou tecer comentários.

– Não sei, vamos esperar o Ricardo falar
publicamente, pois não devemos falar pela conversa dos outros.

Veja outros temas abordados por Mano Menezes na coletiva:

Adversário difícil

– Jogou bem,. Vem jogando bem em casa, vimos outros jogos, é
uma equipe que cria bastante pela movimentação dos seus meias. No segundo tempo
eles melhoraram, tivemos que mudar um pouco o jeito de jogar pata tentar
neutralizar.

Cruzeiro pressionado após estar em vantagem

– O Cruzeiro não foi para a segunda parte do segundo tempo para
tentar administrar. Estava tendo dificuldades no jogo, mudei para reforçar a
marcação. Ele estiveram mérito para empatar o jogo, Faz parte. Não é uma
circunstância que se repete não. Contra o Tombense sofremos o gol e não
conseguimos reverter, e hoje foi um jogo mais parelho, com mais pressão, com
torcida contra mesmo pela primeira vez, um ambiente mais hostil, diferente. Temos
que saber resolver cada jogo como ele se propõe.