APOR pede apoio do setor produtivo para projeto Plantando Esperança
Adventista



APOR pede apoio do setor produtivo para projeto Plantando Esperança

Fonte: Assessoria.
SHARE
Foto: Assessoria.

O Projeto Plantando Esperança da Associação dos Pacientes Oncológicos de Rondonópolis – APOR segue para a segunda fase com expectativa arrojada: conseguir parceiros suficientes para plantar um total de 400 hectares de soja. Uma iniciativa que evolve produtores, sementeiras e empresas do setor de insumos agrícolas da região.

Cada doador ajuda no setor em que atua. Os produtores entram com o empréstimo da área, as sementeiras com a matéria prima e as empresas de insumos com os produtos usados na lavoura. Mas ainda faltam parceiros para bater a marca prevista para essa segunda fase.

Até agora está confirmada a participação de 30 produtores e 16 sementeiras. Segundo a comissão organizadora do projeto, um total de 307 hectares já está garantido, mas o grupo segue empenhado para alcançar os 400ha e fechar o total de sementes e insumos necessários para começar o plantio. “Estamos trabalhando desde maio, são cerca de 50 pessoas envolvidas no projeto. E pra facilitar a busca por novos parceiros, nós montamos quatro linhas de trabalho, onde cada equipe fica responsável de buscar agricultores, sementes, defensivos e máquinas”, explica Luís Américo, voluntário da Apor.