Antônio Joaquim com pressa
Supermoveis

Fullbanner2


Antônio Joaquim com pressa

Fonte: Da Redação
SHARE
Foto - Assessoria

O conselheiro presidente do Tribunal de Contas do Estado – TCE, Antônio Joaquim, tem mandato na chefia da corte de contas até dezembro, mas a ânsia para voltar a política é tão grande que o ex-deputado federal e ex-deputado estadual já anunciou a pessoas próximas que a partir de outubro vai já focar atenções na busca de viabilizar seu nome eleitoralmente para 2018, passando o bastão a outro conselheiro. As intenções de Joaquim, segundo o que se comenta nos bastidores, é conseguir uma filiação em um partido de expressão para disputar o Senado Federal ou mesmo o Governo do Estado. Já ventilado em vários partidos, o mais próximo que chegou do atual presidente do TCE foi o PMDB do cacique Carlos Bezerra. Ex-chefe da Casa Civil de Silval Barbosa, Pedro Nadaf delatou que Antônio Joaquim foi um dos beneficiários de um esquema que levou à corte R$ 50 milhões para que fossem aprovadas as contas do corrupto governo de Barbosa. O caso teria ocorrido em 2015, quando Joaquim foi relator e deu parecer favorável as tais contas. Joaquim e os conselheiros TCE criticam a falta de provas da parte de Nadaf.

Montreal