Angélica teria sido a responsável por segurar impulso de Huck à presidência
Supermoveis


Macropel

Angélica teria sido a responsável por segurar impulso de Huck à presidência

Fonte: Da Redação com R7
SHARE
Foto - Carol Caminha/Gshow

A renomada apresentadora Angélica Ksyvickis Huck, mulher de Luciano Huck – com quem tem três filhos (Eva, Benício e Joaquim) – teria sido sido a verdadeira responsável pelo “não” do marido a possibilidade, já descartada neste início de semana, de concorrer a Presidência da República, em 2018. Publicação da blogueira Keila Jimenez, do site R7, conta que a dona da famosa pinta na coxa e do hit “vou de táxi” envolveu em seu posiconamento vários familiares, como os pais de ambos, amigos e os próprios filhos para mostrar a Luciano a loucura que estaria fazendo ao trocar a consagrada carreira artística que possui pela aventura política. Ao que se sabe, um grupo de empresários ligados a dirigentes partidários foram os responsáveis por seduzir Huck, que chegou a conversar com o PPS e até o PSDB. Mas segundo indica a publicação, os argumentos de Angélica permearam desde possíveis perdas com o rompimento de contrato de ambos com a rede globo e com patrocinadores, até a superexposição da família a críticas pesadas que sobretudo o mundo eleitoral poderia trazer. Para a sorte da classe política, já que o artista de 46 anos já vinha sendo apontado como bem aceito por mais de 60% da população brasileira, em pesquisas registradas, Huck recuou e ao que parece não haverá personagens vindos de fora da cena política para concorrer com chance de ganhar na corrida presidencial do ano que vem.

Montreal