Mágoa Pessoal: Ninguém está livre disso, né Janaína?
Supermoveis

Fullbanner2


Mágoa Pessoal: Ninguém está livre disso, né Janaína?

Jornalista Adriana Vandoni e deputada Janaína Riva entram em rota de colisão

Fonte:
SHARE
Janaína e Vandoni. Foto - Montagem Midia News

Não pegou bem para a deputada estadual Janaína Riva (PSD) virar sua metralhadora verbal para o lado da secretária de estado Adriana Vandoni (PSDB), que atualmente comanda a pasta extraordinária de Transparência e Combate a Corrupção. Isto porque, Vandoni era uma das mais conhecidas críticas do pai da atual bela parlamentar, José Riva, quando este era presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Adriana ficou nacionalmente conhecida devido aos vídeos do seu blog, o Prosa e Política, circularem na internet com críticas ácidas e inteligentes ao progenitor da moça, que acabaram depois se confirmando na voz da Polícia Federal, que prendeu o ex-chefe do legislativo de Mato Grosso por suspeita de várias manobras de desvios de verba pública.

No questionamento da deputada, não há justificativa para o gasto de R$ 3 milhões que Vandoni teve com sua secretaria, já que ninguém viu resultado algum. Em resposta, Adriana riu e disse que “só se posiciona contra o trabalho do gabinete quem realmente não tem interesse em criar um ambiente mais saudável no Estado, sem corrupção, sem opacidade (…) Isso é tudo que a gente tinha no Governo anterior, inclusive na Assembleia Legislativa sempre tivemos esse ambiente”, completou, alfinetando a família Riva.

Envolvida no combate a corrupção, obviamente que Vandoni e os membros de sua pasta, apesar de não ter poder de polícia, atuam junto aos órgãos ligados, entre eles do Judiciário, e que combatem este mal que assola há décadas a saúde política e financeira da nação brasileira. É óbvio que se em qualquer tipo de caça, sobretudo a bandidos tão lisos, é necessário silêncio para não espantar a presa. “Ninguém que quer pegar galinha diz: xô, diria o poeta”. A crítica da deputada, que ainda veio acompanhada de um pedido para que Adriana pedisse demissão voluntariamente soa, no mínimo, precoce.

Mas pior do que soar precoce, Janaína abriu o peito e mostrou a mágoa, o que acabou por religa-la muito a imagem do pai, desgaste que ela até estava começando a mostrar habilidade para driblar. No entanto, parece que a rixa entre as duas não deve parar por aí, até porque ela se estende também ao governador Pedro Taques. Para Janaína, apesar de agradar sua família, politicamente não é lá a melhor estratégia sair atacando quem está querendo moralizar o estado, até porque nas ruas a maioria da população está muito contente com a prisão de Riva e Silval, aguardando sedenta por ver mais gente “boa da boca” pagando seus pecados.

Montreal