Agredido, repórter fala em pessoas alteradas em meio a caminhoneiros
Fullbanner1



Agredido, repórter fala em pessoas alteradas em meio a caminhoneiros

Fonte: Da Redação NMT
SHARE

Foto: Redes Sociais

O repórter Bruno Pinheiro e o restante da equipe da TV Band de Rondonópolis, que tentavam fazer a cobertura da greve dos caminhoneiros na maior cidade do interior de Mato Grosso, foram agredidos por manifestantes que estão localizados próximos ao Trevão, no entroncamento da BR 364/163, neste início de semana. Bruno postou nas redes sociais que um retrovisor do veículo em que estavam foi quebrado, materiais como cabos de microfone foram quebrados, adesivos foram colados no carro, palavras ‘fortes’ foram desferidas contra os funcionários da BAND e deu a entender que até agressão física ocorreu. Outro ponto citado pelo repórter é que outros cidadãos comuns, não-caminhoneiros, se juntaram ao grupo grevista e estão muito alterados emocionalmente, o que teria aumentado o clima já tenso dos trabalhadores que estão há exatamente uma semana parados.