Agentes detém duas pessoas após tentar jogar 16 celulares dentro de unidade
Fullbanner1


Macropel

Agentes detém duas pessoas após tentar jogar 16 celulares dentro de unidade

Fonte: NMT com Assessoria
SHARE

Duas pessoas foram detidas na madrugada de terça-feira (31.10) após jogar uma garrafa com 16 aparelhos celulares para dentro da unidade prisional de Comodoro (644 km a Noroeste de Cuiabá).

Pelo sistema de monitoramento, os agentes verificaram que na parte externa da unidade havia movimentação de uma pessoa próxima ao muro. Com apoio de policiais civis e militares do município, os agentes realizaram monitoramento externo até que conseguiram flagrar as duas pessoas, que também estavam com porções de entorpecente.

Conforme a direção da unidade, após revistas nas celas, onde anteriormente foram encontrados aparelhos celulares, os agentes iniciaram uma investigação para descobrir de que maneira os telefones estavam entrando na unidade. “Durante a investigação foi verificado que uma tela da entrada de ar de uma cela estava cortada totalmente, porém, estava apenas encostada na janela para não levantar suspeita. No monitoramento desta terça-feira, os agentes constataram que uma corda de barbante saía justamente da janela em direção ao muro externo da unidade e uma pessoa se aproximou da unidade e depois afastou-se. Daí os agentes solicitaram apoio e conseguimos prender as duas pessoas”, explicou a diretora da cadeia pública, Lindalva Pohu.

A garrafa jogada sobre o muro da unidade prisional continha 16 celulares, carregadores e cabos USB, cartões de memória e chips de telefonia. Rosângela Pedro, 45, e Otávio Augusto Correia de Oliveira, 19, foram detidos e encaminhados à delegacia da Polícia Civil. Os dois informaram aos policiais que receberiam pagamento pela entrega dos celulares.

Os acusados foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

 

Montreal