Advocacia deve despertar para este novo mercado, alerta o presidente da OAB-MT
Fullbanner1


Adventista

Advocacia deve despertar para este novo mercado, alerta o presidente da OAB-MT

Fonte: Oab - MT
SHARE

    Na abertura do II Encontro Parcerias que Transformam, promovido pela MT Participações SA (MT PAR) com apoio institucional da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) e do Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (Unops), na manhã desta quinta-feira (27), o presidente da Ordem, Leonardo Campos, alertou a advocacia para o mercado de parcerias.

    Ressaltando a importância do evento, que nesta segunda edição contou com um enfoque jurídico, o presidente da OAB-MT ressaltou a importância da advocacia mato-grossense se capacitar para o mercado de trabalho oriundo das parcerias.

    “Um projeto de parceria, em qualquer que seja sua modalidade – privatização, concessão ou terceirização – precisa de um corpo jurídico, tanto na fase de elaboração no assessoramento de uma empresa, como do outro lado da mesa, numa advocacia pública capacitada. Para isso nós precisamos despertar a advocacia para este mercado, fazer com que os advogados e advogadas se especializem no tema a fim de que o empreendedor não precise buscar profissionais fora de Mato Grosso, mas sim que seja bem servido aqui por profissionais capacitados”, destacou Leonardo Campos.

    Desta forma, ele anunciou a parceria com a MT PAR para a realização de workshops voltados para despertar a advocacia para este mercado de trabalho.

    Atualmente o Governo de Mato Grosso contra com 11 projetos de concessão em fase de estruturação e, para isso, é necessária a contratação de profissionais de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, conforme detalhou a diretora-presidente da MT PAR, Maria Stella Lopes Okajima Conselvan.

    O II Encontro Parcerias que Transformam contou com a participação de representantes dos principais escritórios de advocacia que atuam na área. Foram convidados do evento os advogados Bruno Dário Werneck (Mattos Filho), Fernando Albino Oliveira (Albino Advogados), Raul Felipe Borelli (Manesco Sociedade de Advogados) e Rosane Menezes Lohbauer (Madrona Advogados), além do presidente da Companhia Paulista de Desenvolvimento (CPD), Mário Luiz Silverio.

    Com enfoque para este novo mercado de trabalho, Leonardo Campos destacou que Mato Grosso é um estado propício a firmar parcerias, tendo em vista suas dimensões continentais, demandas de infraestrutura logística, fontes hídricas para a exploração energética, entre outros fatores.

Mercado de Trabalho

    O despertar da advocacia para novos mercados de trabalho tem sido umas das bandeiras da atual gestão da OAB-MT. A entidade foi pioneira ao firmar uma parceria inédita com a Escola Superior de Advocacia de Mato Grosso (ESA-MT), Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e a Mecon Brasil em agosto do ano passado, visando a capacitação e formação dos profissionais da advocacia na mediação, conciliação e arbitragem.

    Antes, a OAB-MT e ESA-MT também ofereceram aos advogados e advogadas, que antes só atuavam em processos de recuperação judicial, a capacitação para atuação como administradores judiciais. Hoje, Mato Grosso já conta com escritórios voltados para este mercado de trabalho.

Assessoria de Imprensa OABMT
imprensaoabmt@gmail.com
(65) 3613-0928/0929
www.twitter.com.br/oabmt
www.facebook.com.br/oabmatogrosso

Montreal