Adílson rescinde com o Terek, e Galo tem reunião para acertar com...
Adventista

Fullbanner1


Adílson rescinde com o Terek, e Galo tem reunião para acertar com volante

Fonte: Gabriel Duarte
SHARE

Nos próximos dias, o Atlético-MG pode anunciar mais uma contratação para a temporada. Trata-se do volante Adilson, que estava no Terek Grozny, da Rússia, mas que rescindiu contrato com o clube nesta terça. Sonho da diretoria desde dezembro do ano passado, o volante deu prioridade de acerto ao Galo, caso conseguisse voltar ao futebol brasileiro, e agora terá um encontro, representado pelo seu empresário, na próxima sexta-feira para, possivelmente em Belo Horizonte, para fechar com o time mineiro.

O empresário do jogador, Cristiano Manica, em entrevista ao GloboEsporte.com, confirmou a rescisão do contrato com o clube russo e disse que o jogador volta ao Brasil com o desejo de atuar pelo clube alvinegro, que não comenta sobre negociações em andamento.

– Sim, tínhamos um contrato até maio na Rússia, e resolvemos rescindir
em comum acordo com o clube. Eles (clube russo) sempre tiveram uma admiração por ele e, em função do
contrato dele acabar em maio, e por uma série de situações, a gente conversou
e por bem resolveu rescindir. Vínhamos conversando desde dezembro com o Atlético-MG,
quero manter minha palavra com o clube. O Adilson sempre me deu essa condição, sempre mostrou
vontade muito grande de atuar pelo Atlético, que tem a prioridade. Vamos conversar, preciso ouvir deles, para ver qual é a real
situação, para ver se eles ainda tem este interesse no Adilson. Tenho já marcado uma conversa e, precisamente na sexta, devo estar em
Belo Horizonte. Acredito que deve ser na sexta-feira. Quinta-feira já estamos
de volta ao Brasil – confirmou o agente do jogador.

VEJA TAMBÉM>>> Atlético-MG acerta empréstimo do atacante Hyuri ao futebol chinês

Em dezembro, Atlético-MG e jogador conversaram, mas no início
de janeiro o clube russo manifestou o interesse em não liberar o jogador antes
do término do contrato de Adilson. Dessa forma, o Galo recuou e descartou a
vinda do volante, no começo do ano. A possibilidade era de trazê-lo no meio do ano, no mesmo caso que foi com Roger Bernardo, que está no futebol alemão. Mas como Adilson rescindiu seu contrato, o jogador já pode atuar agora.

Segundo o empresário do jogador, o Atlético-MG vem monitorando Adilson desde o ano passado. A situação contratual do atleta vinha sido acompanhada.

– A gente tem conversado com o Atlético-MG, que a gente iria viajar agora para acertar a rescisão. Desde
dezembro para cá, fui posicionando para eles sobre a situação, como nos últimos dias, e criamos a
possibilidade de ele ir para o Atlético. O Atlético foi pedindo informações do jogador e disse para voltar a conversar com eles agora. Se o Atlético tiver
interesse, é claro que o Adilson aceita. O Atlético é um sonho de qualquer jogador, qualquer jogador quer jogar no Atlético, pelo fato de poder disputar a Libertadores, pelo fato de o clube sempre ceder jogadores para a Seleção – disse Manica.

Adilson foi revelado pelo Grêmio em 2007 e, no meio de 2011, foi negociado com o Terek Grozny, da Rússia. O jogador sempre atuou pelo mesmo clube no Leste Europeu, realizando 101 partidas e marcando três gols. O último jogo do volante brasileiro foi em dezembro do ano passado, pelo Campeonato Russo, que ainda não recomeçou por causa do inverno rigoroso no país. Na carreira, ele conquistou o Campeonato Gaúcho de 2010.

Corrida contra o tempo

Apesar de ter a prioridade no acordo, o Galo terá que correr contra o tempo para regularizar Adilson, caso acerte mesmo com o jogador. É que as inscrições para a Libertadores devem ocorrer 48 antes da estreia do clube. Ou seja, na próxima segunda-feira, dois dias antes do jogo contra o Godoy Cruz, em Mendoza, na Argentina, pelo Grupo 5.

O volante precisará sair no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF também na segunda. A situação é menos complexa que a do equatoriano Cazares, no ano passado. O meia, que foi contratado em janeiro, só foi regularizado no fim de fevereiro, após um grande imbróglio envolvendo o clube alvinegro, o Banfield (Argentina) e o Independiente del Valle (Equador).

Caso Adilson seja contratado, o técnico Roger Machado terá cinco volantes aptos para jogar pela Libertadores. Além do volante gaúcho, o treinador ainda tem: Rafael Carioca, Elias, Ralph e Yago, além de Lucas Cândido, que está no departamento médico. Roger Bernardo só chegará no meio da temporada.