Ações da Segurança são debatidas pelo Gabinete de Gestão Integrada
Fullbanner1



Ações da Segurança são debatidas pelo Gabinete de Gestão Integrada

Fonte: NOTÍCIAS DE MATO GROSSO com Assessoria
SHARE

As ações desenvolvidas na área da segurança pública no Estado estiveram na pauta do encontro do colegiado do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), realizado na manhã desta quarta-feira (26.04) na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp). Participaram do encontro o secretário Rogers Jarbas, e lideranças da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Politec.

Foram discutidos os resultados já alcançadas na operação Bairro Seguro, o trabalho no enfrentamento aos crimes de roubos furtos e homicídios, e também as ações que serão desencadeadas pelas forças de segurança.

“Este encontro tem o objetivo de estruturar as forças de segurança pública porque envolve todos os dirigentes. Aqui tratamos de temas extremamente sensíveis dentro de Mato Grosso e quais ações serão tomadas no enfrentamento ao crime”, destacou o secretário, Rogers Jarbas.

Ainda segundo o secretário, o trabalho do GGI faz parte dos três eixos de sustentação da segurança – investimentos, metodologia de trabalho e o comprometimento dos profissionais – que tem feito com que os índices criminais reduzam e a sensação de segurança aumenta.

O coordenador do Gabinete de Gestão Integrada, major PM Rafael Dias Magalhães, disse que os encontros são realizados uma vez por mês para tratar sobre a segurança pública em várias frentes, como por exemplo, roubo e furto, roubo à banco, pirataria, entre outros.

“Estamos reiniciando o colegiado pleno com todas as instituições. Aqui é discutida em âmbito macro a segurança pública no Estado. Desta reunião é que são direcionadas ações, operações e direcionamentos para o combate à criminalidade”, enfatizou.

Bairro Seguro

Na última operação “Bairro Seguro”, deflagrada no dia 19 de abril, pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) nos 141 municípios de Mato Grosso, 303 pessoas foram presas por envolvimento na criminalidade.

Foram cumpridos ainda 121 mandados de busca e apreensão, 37 veículos recuperados, 58 armas de fogo apreendidas, 189 veículos apreendidos e 151 fiscalizações do Corpo de bombeiros a estabelecimentos comerciais e bares.