Ação integrada na fronteira recupera caminhonete SW4 roubada em Cuiabá
Supermoveis



Ação integrada na fronteira recupera caminhonete SW4 roubada em Cuiabá

Fonte: Da Redação - Com PJC
SHARE
Assessoria | PJC-MT

Roubado na quinta-feira (28), na cidade de Cuiabá, um veículo Toyota Hilux SW4 foi recuperado na madrugada de sábado (31), na região de Cáceres (225 km a Oeste). A ação foi realizada pelas equipes policiais da Delegacia Especial de Fronteira (Defron) e Diretoria de Inteligência, da Polícia Judiciária Civil, Agência Regional de Inteligência da Polícia Militar – ARI PM do 6º Comando Regional de Cáceres, além do Grupo Especial de Segurança na Fronteira – GEFRON e agentes da Polícia Rodoviária Federa (PRF).

Monitorado pelas forças policiais, o veículo roubado passou pela ponte Marechal Rondon, por volta das 11h, seguindo destino ao posto da PRF, sentido a cidade de Porto Esperidião. O condutor do automóvel ignorou a ordem de parada e empreendeu fuga. Após 1,5 Km de acompanhamento tático, ele se lançou com o veículo para área de matagal, colidindo frontalmente com uma árvore, o que ocasionou danos de grande monta ao carro, bem como lesões ao condutor.

Após a detenção do motorista foi constatado se tratar de um adolescente (F.A.M, 17 anos), morador na cidade de Cáceres.

Em checagem do veículo verificou-se ser dublê de placa – prática comum que consiste em utilizar a placa de um veículo  em circulação, em situação normal, ocultando a verdadeira origem do veículo, ou seja, produto de roubo ou furto.

Em entrevista com o condutor, ele relatou que havia pego o veículo próximo a um posto de combustível e que receberia o valor de mil reais para entregá-lo dentro da cidade de San Mathias, na Bolívia. Também afirmou que teria receberia ajuda de mais duas pessoas para atuarem como batedores de estrada (“Olheiros”), e que possivelmente estariam nas proximidades.

Em diligências na BR 070, próximo a rotatória que dá acesso à Bolivia, as equipes localizaram o suspeito M.R.P, 19, morador de um sítio na linha de fronteira no assentamento Rancho da Saudade. Em posse de uma motocicleta Honda Titan Preta, ele declarou ter sido procurado por uma pessoa que ofereceu R$ 120 reais para que atuasse como “batedor de estrada”.

O suspeito disse que aceitou a função de avisar a quadrilha quanto à presença policial no decorrer do itinerário. Ele relatou ainda haver outro “olheiro” contratado, que ao verificar a movimentação policial fugiu pela mata.

Em vigilância ininterrupta, a equipe policial notou a presença de um motociclista que seguia em baixa velocidade pela lateral da BR 174. Ele buzinava com frequência, momento em que saiu do mato um elemento acenando com a mão, ocasião que pulou na garupa da moto, seguindo sentido ao Distrito de Caramujo.

Os policiais interceptaram o veículo e realizam a prisão do piloto da motocicleta F.L.S, 26, e do suspeito L.G.S, 25, que confessou que receberia o valor de R$ 200 reais para sondar a presença policial na rotatória do trevo de acesso da BR 174 para BR 070. Alegou que, ao perceber que algo havia dado errado, com o condutor do veículo SW4, tratou de se esconder no mato, e que passado algum tempo ligou para que o suspeito F.L.S, pegasse a moto de sua mãe e o resgatasse nas proximidades do Minuano.

Diante da materialidade e prisão dos suspeitos foi confeccionado o Boletim de Ocorrência pela Equipe da Polícia Rodoviária Federal, tendo os veículos apreendidos e os suspeitos presos conduzidos para Delegacia Especial de Fronteira (Defron), da Polícia Judiciária Civil), onde foi lavrado o Auto de Prisão em Flagrante pela Delegada de Polícia Cinthia Gomes da Rocha Cupido, autuando os conduzidos pelos crimes de Receptação, Corrupção de Menores e Organização Criminosa.

A delegada Cinthia Cupido destacou os esforços conjuntos das forças de segurança para o sucesso da operação. “Integração é tudo. Juntos somos mais fortes”.