Abastecimento volta ao normal em postos de Rondonópolis
Adventista



Abastecimento volta ao normal em postos de Rondonópolis

Fonte: Dayene Paz
SHARE

O abastecimento nos postos de combustíveis de Rondonópolis voltou ao normal nesta quarta-feira, dia 30. Foram dez dias de paralisação dos caminhoneiros em todo o Brasil, que cobravam, entre outros pontos, a redução do valor do óleo diesel.

Os pontos de mobilização começaram a ser esvaziados nesta quarta. Muitos caminhoneiros já estavam esgotados, outros ainda lutando para que o governo atendesse todas as reivindicações da classe.

Foram 12 pontos atendidos pelo presidente Michel Temer, que exigiu o fim da greve dos caminhoneiros, acionando as Forças Federais para auxiliar nos pontos de mobilização.

Em todo estado de Mato Grosso, uma operação retirou os caminhoneiros que ainda persistiam em ficar nos pontos de mobilização. Coordenada pelo Centro de Comando e Controle da Secretaria de Estado de Segurança Pública, a operação contou com a participação da Polícia Militar (com negociador, tropa de choque e policiamento de área), Exército Brasileiro, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e equipe de resgate e combate a incêndio do Corpo de Bombeiros.

Desabastecimento – Além do combustível, mercados já começavam a sentir os efeitos da greve, com o baixo estoque. Também as empresas distribuidoras de gás de cozinha. “Nosso estoque estava zerado até hoje, mas a previsão é que chegue o gás até o fim da manhã”, afirma um empresário de Rondonópolis.