A todos adversários, Alckmin nitidamente é o que oferece maior risco
Adventista



A todos adversários, Alckmin nitidamente é o que oferece maior risco

Fonte: Da Redação NMT
SHARE
Foto: Kelly Fuzaro/Band

Geraldo Alckmin (PSDB) foi nitidamente o maior alvo do debate presidencial da TV Bandeirantes, desta semana, o primeiro entre os postulantes a sucessão de Michel Temer (MDB) no comando do país. O tucano era visivelmente o mais escolhido entre os candidatos que na hora de escolher para quem perguntar sempre o viam como melhor estratégia, tanto é que por algumas ocasiões o mediador, o jornalista Ricardo Boechat, teve de ponderar que pelas confusas regras da emissora não eram mais possíveis perguntas àquele que terá o maior tempo de TV para propaganda eleitoral, mais de 6 de um total de 12 minutos e 30 segundos disponíveis para todos se comunicarem com a população a partir do próximo dia 31. Alckmin foi corajoso e defendeu a reforma trabalhista, que a esquerda nacional tenta tanto demonizar atribuindo a ela a responsabilidade pela retirada de direitos de trabalhadores, e mostrou sua já conhecida tranquilidade para falar da solução dos problemas nacionais. Se não empolgou ao brasileiro que via no discurso, Alckmin pelo menos foi realista, já que o Brasil atual também não empolga. Quanto ao preparo para debater, como era de se esperar, deve polarizar com Fernando Haddad (PT) as discussões mais elaboradas nos próximos encontros. O nível está baixo e até o brasileiro mais inculto saiu com essa sensação após ver a primeira discussão entre os presidenciáveis…