A Prefeitura de Rondonópolis está concentrando esforços para garantir que o ecoponto...
Adventista

Fullbanner1


A Prefeitura de Rondonópolis está concentrando esforços para garantir que o ecoponto do bairro Sagrada Família seja mantido limpo até que possa ser desativado com a instalação de outros quatro ecopontos na cidade. A intenção é garantir que os resíduos sejam descartados corretamente sem causar prejuízos à população e manter a manutenção periódica, evitando acúmulo de resíduos. O secretário municipal do Meio Ambiente, João Fernando Copetti Bohrer, explica que as quatro novas áreas onde serão implantados os ecopontos – Vila Paulista, Distrito da Vila Operária, Residencial Dom Osório e Distrito Industrial Rondonópolis – foram escolhidas de acordo com requisitos legais, buscando garantir que não haja problemas ambientais ou de saúde para a população. Copetti destaca que os novos ecopontos funcionarão de forma diferenciada dos atuais. Os projetos para a implantação nas novas áreas estão sobre a responsabilidade do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear), que também ficará responsável pela operacionalização dos mesmos. Atualmente, o único ecoponto ainda em funcionamento é o do bairro Sagrada Família, já que houve a desativação daquele que funcionava no Jardim Europa. E, com o intuito de evitar acúmulo de resíduos no Sagrada Família, a Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder), que possui contrato com a Semma para realizar a manutenção do ecoponto, busca a contratação imediata de um número maior de caminhões de carga para atuarem na limpeza do local. O secretário reforça que a população não pode descartar lixo doméstico no ecoponto, bem como resíduos oriundos do comércio. Os restos de podas e materiais de construção são limitados em até um metro cúbico ao ser depositado no local. Segundo Copetti, a partir desta quarta-feira (5), a Polícia Militar Ambiental permanecerá no local para controlar o depósito de resíduos, e quem for flagrado deixando no ecoponto resíduos que são proibidos poderá ser preso por crime ambiental. O município já firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Estado (MPE) e conta com um prazo de 180 dias para a implantação dos novos quatro ecopontos e a desativação daquele do Sagrada Família. Outra obrigação é a de manter o ecoponto limpo ao longo do período necessário para a implantação dos novos espaços nas áreas escolhidas.

Fonte: Assessoria.
SHARE
Foto: Assessoria.

A Prefeitura de Rondonópolis preparou uma programação extensa para comemorar o 65º aniversário de emancipação político-administrativa da cidade, na próxima segunda-feira (10). Os festejos começam às 8 horas com desfile de fanfarras integrado por cerca de 200 crianças de sete escolas municipais, partindo do Casario até a ponte da Avenida Marechal Rondon.

Em seguida, a Secretaria Municipal de Cultura (Secult) preparou uma surpresa para a população. “É um show inusitado, uma novidade que não queremos revelar para não quebrar a magia do momento”, adianta o gerente do Núcleo de Eventos da Secult, Paulo Rogério Menezes.

Dando sequência às celebrações, também no Casario, às 18 horas, haverá um aulão de zumba promovido pela Secretaria Municipal de Esportes. E, a partir das 19 horas, o escritor rondonopolitano Odair Cornelian Costa lançará o livro de crônicas “Estrela Guia”.

Após autografar a obra, o autor fará declamações de poemas e haverá a apresentação do músico Jet com repertório de clássicas. Para fechar as festividades, a banda cuiabana The Brothers vai contemplar os presentes com músicas dos anos 60.