A nova cara da política mato-grossense Kalynka Meirelles
Adventista

Fullbanner1


A nova cara da política mato-grossense Kalynka Meirelles

Fonte: Assessoria.
SHARE
Foto: Assessoria.

A jornalista Kalynka Meirelles adotou Mato Grosso há 12 anos e hoje faz desse Estado a sua
terra do coração. Aqui Kalynka fez a sua família e educa sua filha Fiorella, é aqui também que o
marido Thiago Lissoni Meirelles investiu e se tornou empresário.

A decisão de entrar para a política partiu da descoberta das necessidades da população, a
princípio de Rondonópolis, quando como repórter de TV, encontrou as mazelas nos bairros e
sentiu que Mato Grosso pode ser ainda melhor.

“Nós temos o privilegio de morar em Rondonópolis, onde o setor industrial se desenvolveu e
hoje representa o maior gerador de emprego e renda. Mas não podemos esquecer que o
Estado é agrícola e que por isso precisamos incrementar cada vez mais a atividade. O setor
primário, no nosso caso, é o impulsionador do restante das molas de desenvolvimento. A
agropecuária movimenta tudo, aquece os outros mercados de produtos e serviços. Por isso
nossa luta é para que o setor recebe a devida atenção e respeito”, argumenta Kalynka.

Na escala de benefícios que o agronegócio representa para Mato Grosso, Kalynka alerta que
muitas vezes os centros de maior concentração da população acabam se beneficiando, em
detrimento das pequenas cidades. “Ando muito pela região e tenho visto uma série de
problemas. Tracei muitos desafios para os municípios menores, onde as oportunidades de
trabalho são bem reduzidas e, com isso, a vida das pessoas é mais difícil. Mas bem organizada,
uma cidade também pode fazer a sua parte, com o apoio do Estado. Para isso é que eu quero
ser deputada estadual, trazer projetos que possam ajudar as cidades e seus cidadãos”, diz
Kalynka, que planeja a criação de incentivos aos municípios na formação profissional de jovens
e mulheres.

A candidata percorre as cidades da região levando a visão crítica de jornalista e os olhos bem
abertos, característica de mulher e mãe, para os problemas mais comuns que afetam os
municípios. “A cada visita vejo que o interior tem necessidades parecidas em todas as cidades.
A carência de empregos, de escolas em tempo integral, de saúde pública de qualidade, de
segurança. Enfim, todos nós sofremos as mesmas mazelas e vejo nas conversas que a
população precisa acreditar nos seus representantes. Mato Grosso é um Estado rico, o que
falta, muitas vezes, é dedicação e criatividade dos governantes em promover a qualidade de
vida da população por meio de ações simples e práticas como educação para jovens e adultos
com, inclusive, formação profissional; oportunidades por meio de incentivos na criação de
micro e pequenas empresas; e, acima de tudo, transparência nas ações públicas”.

Outras observações são relacionadas pela candidata Kalynka Meirelles, que se mostra
desapontada com o descaso em setores bem importantes. “Tenho certeza de que nós,
população, não conseguimos entender como uma cidade pode assistir a UTI pediátrica fechar
as portas, as unidades de saúde pública em decadência absoluta e o descaso com o cidadão de
bem que precisa do serviço. Vou lutar também pela segurança, pela educação e,
principalmente, pela transparência. A partir do momento em que o Estado mostrar onde está
aplicando o dinheiro público, com clareza, poderemos acompanhar e cobrar. Conte comigo na
Assembleia Legislativa para esse trabalho”, finaliza Kalynka.