A fim de iniciar novo ciclo de debates, Conselho lança livro “Os...
Supermoveis



A fim de iniciar novo ciclo de debates, Conselho lança livro “Os idosos são o futuro”

Fonte:
SHARE
A fim de iniciar novo ciclo de debates, Conselho lança livro “Os idosos são o futuro”
 

Com o apoio da Defensoria Pública, o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (CEDEDIPI) lança, no próximo dia 31, o livro “Os idosos são o futuro”, com o intuito de iniciar um novo ciclo de debates sobre os diversos temas que afetam as pessoas idosas em Mato Grosso. O evento será realizado às 14h, no plenário da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Na oportunidade, livros físicos serão trocados por fraldas geriátricas que serão doadas a idosos em situação de vulnerabilidade em hospitais. Posteriormente, o livro será disponibilizado gratuitamente no formato e-book, com o intuito de atingir a maior parcela possível da sociedade. O lançamento encerra as inúmeras atividades realizadas ao longo do mês de outubro em comemoração ao Dia do Idoso, celebrado no dia 1º.

Conforme a Defensora Pública e vice-presidente do Conselho, Sandra Cristina Alves, este livro, preparado por várias mãos, foi a melhor forma encontrada pelos membros do órgão para informar a população sobre o processo e decisões políticas em torno dos idosos. “A iniciativa dos conselheiros de trazer a público as questões discutidas no conselho é inovadora e busca atingir toda sociedade”.

Sandra Cristina destacou ainda que a obra traz um paradoxo proposital em seu título ao falar sobre o futuro e pessoas idosas. “Isso porque, Mato Grosso, na mesma linha do Brasil, caminha rapidamente para o envelhecimento de sua população”.

Participam do livro, Onofre Ribeiro, como convidado especial (Envelhecer pra viver); Sandra Cristina Alves (Prêmio Cândido Rondon); Eliane Maria Esperandio (Envelhecimento e a política nacional de saúde da pessoa idosa em Mato Grosso); Eliane Maria Esperandio e Ana Maura Pereira Da Silva (Promoção da saúde e intersetorialidade na população idosa em Mato Grosso); Elisângela Vicentini Fazolo da Silva (A importância do controle social na execução das políticas de garantia e defesa de direitos da pessoa idosa em Mirassol D’oeste-MT; Francisco Delmondes Bentinho (A violência contra a pessoa idosa); Lidiane Patrícia Ferreira e Silva Leite (Envelhecimento e trabalho no capitalismo contemporâneo: reflexões necessárias); Rafaele Oliveira Russi e Valentina de Fátima Dragoni (A importância da associação para o desenvolvimento social dos municípios de Mato Grosso no fortalecimento dos conselhos municipais do direito do idoso); Maria Inês Silva (Experiência na secretaria executiva do conselho estadual de defesa dos direitos da pessoa idosa de Mato Grosso – Cededipi-MT); Gerson Borges de Moraes (Mato Grosso: um lugar de oportunidades); Gonçalina Romana de Souza Martins (Jesus Cristo, luz para o mundo); Antônio Marcos Passos De Mattos e Gislene de Castro Monteiro (Experiências); Isandir Oliveira de Rezende (Transporte rodoviário terrestre direito da pessoa idosa).

O Conselho

O CEDEDIPI, órgão permanente, paritário, de caráter deliberativo, vinculado à Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, tem por objetivo a supervisão, acompanhamento, fiscalização e avaliação da Política Nacional do Idoso, no âmbito de Mato Grosso.