A Divisão de Mato Grosso
Fullbanner1



A Divisão de Mato Grosso

Fonte:
SHARE

A Divisão de Mato Grosso

A Lei Complementar Nº 31, de 11 de outubro de 1977 dividiu o estado de Mato Grosso criando o novo estado de Mato Grosso do Sul, assinada pelo presidente Ernesto Geisel, e a capital escolhida para o novo estado foi Campo Grande.

Mato Grosso era governado por José Garcia Neto, que a partir de então passou a Cássio Leite de Barros, e a divisão foi efetivada em 1979, com a eleição do governador Frederico Carlos Soares Campos, sendo governado na atualidade por Pedro Taques.

 

Galeria dos governadores

 

Garcia Neto

 

 

Nome completo: José Garcia Neto.

Período de Governo: 15.3.1975 a 15.8.1978.

José Garcia Neto (Rosário do Catete – SE, 01 de junho de 1922 – Cuiabá, 19 de novembro de 2009) foi um político brasileiro natural de Sergipe, mas com atuação política em Mato Grosso, estado onde foi governador de março de 1975 até agosto de 1978. Renunciou ao cargo para candidatar-se ao Senado.

Feitos: Protagonistas da história de Mato Grosso. Contribuiu para o crescimento e desenvolvimento do estado. De fundamental importância sua trajetória política estadual, bem como na consolidação do setor industrial mato-grossense.

 

Cássio Leite de Barros

 

 

Nome completo: Cássio Leite de Barros.

Período de Governo: 15.8.1978 a 15.3.1979.

Cássio Leite de Barros (1927 –  2004), foi jornalista, advogado, pecuarista e político brasileiro, ex-vice-governador e mais tarde governador do estado de Mato Grosso. Barros assumiu o Governo de Mato Grosso, como vice-governador de José Garcia Neto, quando este renunciou ao cargo para candidatar-se ao Senado.

Feitos: Fez um governo ponderado e ético num momento decisivo, antes, durante e após a divisão territorial.

 

Frederico

Campos

 

 

Nome completo: Frederico Carlos Soares Campos.

Período de Governo: 15.3.1979 a 15.3.1983.

Frederico Carlos Soares Campos, mais conhecido como Frederico Campos, nascido em Cuiabá no ano de 1927, foi prefeito por duas vezes da cidade de Cuiabá, secretário de Estado e governador de Mato Grosso entre 1979 e 1983. Foi o primeiro governador após a divisão do Estado.

Feitos: Gestão municipalista. Estrada era o principal gargalo e investiu em pavimentação e recuperação de rodovias. Interligou a capital ao norte do estado, com estrada até Aripuanã. Deixou 200 milhões de dólares no cofre quando saiu.

 

Júlio Campos

 

 

Nome completo: Júlio José de Campos.

Período de Governo: 15.3.1983 a 15.5.1986.

1ª Fase.

Júlio José de Campos, mais conhecido como Júlio Campos (Várzea Grande, 11 de dezembro de 1946) é político, engenheiro e empresário. Em 1979, foi eleito deputado federal. Em 1982, renunciou ao mandato para concorrer eleição direta a governador do Mato Grosso.

Renunciou ao cargo para candidatar-se a deputado federal.

Feitos: Asfalto de 2,2 mil km de rodovias, integrando as regiões do estado. Inauguração da rodovia Cuiabá/Porto Velho – RO.

 

Wilmar Faria

 

 

Nome completo: Wilmar Peres de Faria.

Período de Governo: 15.5.1986 a 15.3.1987.

2ª Fase.

Ex-vereador, ex-deputado estadual e federal, ex-prefeito de Barra do Garças por dois mandatos.

Em 1982 foi eleito vice-governador.

Assumiu no lugar de Júlio Campos, que se desincompatibilizou do cargo de governador para disputar a eleição de deputado federal.

 

Carlos Bezerra

 

 

Nome completo: Carlos Gomes Bezerra.

Período de Governo: 15.3.1987 a 2.4.1990.

1ª Fase.

Carlos Gomes Bezerra nasceu na cidade de Chapada dos Guimarães, no dia 04 de novembro de 1941.

Renunciou em 1990 para candidatar-se ao senado.

Feitos: Criou a Secretaria de Estado do Meio Ambiente, concedendo terras a pequenos produtores, investiu em construções de moradias populares, saneamento básico em bairros periféricos e estradas.

Criou o Programa de Desenvolvimento Industrial – PRODEI, que concedia incentivos fiscais aos empresários que investissem no estado.

Na gestão de Carlos Bezerra ocorreu a proposta de construção da Ferronorte, defendida pelo senador Vicente Vuolo.

 

Edison Freitas

 

Nome completo: Edison Freitas de Oliveira.

Período de Governo: 2.4.1990 a 10.2.1991.

2ª Fase.

Foi vice-governador de Carlos Bezerra.

Partido/eleição: PMDB.

Data nascimento: 1930.

Formação/profissão: Médico.

Assumiu após renúncia de Carlos Bezerra.

Em acidente de ultraleve, fica hospitalizado e é substituído pelo presidente da Assembleia Legislativa.

 

Moisés Feltrin

 

Nome completo: Moisés Feltrin

Período de Governo: 10.2.1991 a 15.3.1991.

3ª Fase.

Presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, assumindo o governo após renúncia de Edison Freitas.

Partido/eleição: PFL.

 

Jayme Campos

 

 

Nome completo: Jayme Veríssimo de Campos.

Período de Governo: 15.3.1991 a 1º.1.1995.

Jayme Veríssimo de Campos (Várzea Grande, 13 de setembro de 1951). Em 1982 elege-se pela primeira vez prefeito de sua cidade natal, Várzea Grande, pelo então PDS. Em 1990, já pelo PFL, elege-se governador de Mato Grosso. Em 1996 foi eleito novamente prefeito de Várzea Grande, reelegendo-se em 2000.

Formação/profissão: Produtor Agropecuário.

Feitos: Consolidação das dívidas do estado.

 

Dante de

Oliveira

 

 

Nome completo: Dante Martins de Oliveira.

Período de Governo: 1º.1.1995 a 1º.1.1999.

Partido/eleição: PDT.

Eleito com 471.104 votos, totalizando 71,27% dos votos válidos.

Naturalidade: Cuiabá – MT.

Data nascimento: 26.2.1952.

Formação/profissão: Engenheiro Civil.

Eleito deputado estadual em 1978 e a federal em 1982, quando apresentou uma emenda, em 1983 restabelecendo as eleições diretas para presidente. Foi prefeito de Cuiabá e Ministro da Reforma Agrária. Em 1992 foi eleito para o seu segundo mandato como prefeito de Cuiabá, cargo ao qual renunciou em 1994, meses antes de ser eleito governador de Mato Grosso.

Feitos: Teve dificuldades com a dívida herdada, que era equivalente a três anos de receita líquida. Criação do Pró-Couro, para benefício dos curtumes e atração de fábricas de calçados, e do Proalmat, incentivo ao algodão.

 

Dante de

Oliveira

 

 

Nome completo: Dante Martins de Oliveira.

Período de Governo: 1º.1.1999 a 6.4.2002.

1ª Fase.

Partido/eleição: PSDB.

Reeleito com 472.409 votos.

Naturalidade: Cuiabá – MT.

Data nascimento: 26.2.1952.

Formação/profissão: Engenheiro Civil.

Renuncia para se candidatar ao senado.

Falecimento: 6.7.2006.

Feitos: Para a integração do estado de Mato Grosso na conjuntura nacional e internacional, o governo estadual deu prioridade a construção de rodovias, hidrovias e ao setor de comunicação.

Durante a sua gestão muitos empresários nacionais e estrangeiros investiram em Mato Grosso favorecendo o crescimento da produção na agropecuária e agroindustrial.

Pensando em superar a crise energética e acelerar o desenvolvimento econômico de Mato Grosso, concedeu mais atenção ao setor energético. Foi construída a Usina do Manso e um ramal de gasoduto Brasil- Bolívia.

 

 

Rogério Salles

 

 

Nome completo: José Rogério Salles.

Período de Governo: 6.4.2002 a 1º.1.2003.

2ª Fase.

Naturalidade: Francisco Beltrão – PR.

Data nascimento: 18.6.1953.

Formação/profissão: Empresário.

Assumiu como governador após renúncia de Dante de Oliveira para se candidatar ao senado.

Prefeito de Rondonópolis de março de 1994 a dezembro 1996, após renúncia de Carlos Bezerra para concorrer ao senado.

 

Blairo Maggi

 

 

Nome completo: Blairo Borges Maggi.

Período de Governo: 1º.1.2003 a 1º.1.2007.

Partido/eleição: PPS.

Eleito com 619.655 votos.

Naturalidade: Torres –RS.

Data nascimento: 29.5.1956.

Formação/profissão: Empresário.

Feitos: Fez investimentos em infraestrutura no estado, tendo pavimentado mais de mil quilômetros de rodovias.

 

 

Blairo Maggi

 

Nome completo: Blairo Borges Maggi.

Período de Governo: 1º.1.2007 a 31.3.2010.

1ª Fase.

Partido/eleição: PPS.

Reeleito com 922.765 votos.

Naturalidade: Torres –RS.

Data nascimento: 29.5.1956.

Formação/profissão: Empresário

Renunciou ao cargo para poder candidatar-se ao Senado Federal.

Feitos: Em 2008, Maggi criou o programa denominado MT Legal, que visa estimular a regularização e legalização fundiária, além de monitorar as propriedades rurais do seu estado através de imagens de satélite.

Foi considerado pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes de 2009.

Também em 2009, a Revista Forbes considerou o empresário como 62º entre os 67 líderes mais influentes do mundo.

 

Silval

Barbosa

 

 

Nome completo: Silval da Cunha Barbosa.

Período de Governo: 31.3.2010 a 1º.1. 2011.

2ª Fase.

Nasceu em Borrazópolis–PR.

Data nascimento: 26.4.1961.

Formação/profissão: Direito e empresário.

Foi prefeito de Matupá – MT, de 1993 a 1996.

Eleito deputado estadual em 1998, reeleito em 2002.

Foi eleito vice-governador em 2006 e assumiu o governo em razão da renúncia de Blairo Maggi, para ser candidato ao Senado Federal.

 

Silval

Barbosa

 

 

Nome completo: Silval da Cunha Barbosa.

Período de Governo: 1º.1. 2011 a 1º.01.2015.

Nasceu em Borrazópolis–PR.

Data nascimento: 26.4.1961.

Formação/profissão: Direito e empresário.

Foi prefeito de Matupá – MT, de 1993 a 1996.

Eleito deputado estadual em 1998, reeleito em 2002.

Reeleito.

Feitos: Melhorias nos trechos das BR-163 e BR-364. Início das obras da Copa 2014.

 

 

 

Pedro Taques

 

Nome completo: José Pedro Gonçalves Taques.

Período de Governo: 1º.01.2015 a 1º.01.2019

Nasceu em Cuiabá – MT.

Data nascimento: 15.3.1968.

Formação/profissão: Professor de Ensino Superior.

Senador de 2011 a 2014. Eleito governador de Mato Grosso.

Feitos: Obras importantes nas entradas de Cuiabá, duplicação das rodovias MT-010 e MT-251. Aumento de viaturas e contingente de profissionais de segurança.

 

Fonte:

BOTELHO, Margareth. Gazeta Digital. VIAGEM HISTÓRICA. Uma figura por nome Júlio Campos. 21 de outubro de 2007. < http://www.gazetadigital.com.br/conteudo/show/secao/10/materia/158300>. Visitado em 25.9.17.

KRAMER, Paulo. – Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2012. – Série: perfis parlamentares, n. 65. Oliveira, Dante de, 1952-2006, atuação parlamentar, Brasil.

SANCHES, Patrícia. RDNEWS. Entrevista Especial. 1º governador pós-divisão cita ações e aponta pedreira para futuro gestor. <http://www.rdnews.com.br/executivo/1-governador-pos-divisao-cita-acoes-e-aponta-pedreira-para-futuro-gestor/56422>. Visitado em 24.9.2017.

SANCHES, Patrícia. RDNEWS. PESAR. Ex-prefeito Rodrigues Palma, demais familiares, parentes e amigos dão adeus ao ex-governador Garcia. < http://www.rdnews.com.br/ultimas/morre-garcia-neto-governador-e-prefeito-decretam-luto/17689>. Visitado em 24.9.2017.

SILVA, Hermélio. Cerimonial: não tenha medo! 2014.

<http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Livro-De-Mato-Grosso432012111246/70626055.html>. Visitado em 24.9.2017.

<http://blairomaggi.com.br/biografia>. Visitado em 24.9.2017.