A CASA ESTÁ CAINDO
VendaMais

A CASA ESTÁ CAINDO

SHARE
Foto: Assessoria

Por Francisco Mello

Houve um tempo em que o PT alojava: Cristovam Buarque, Marina Silva, Eloísa Helena, Chico Alencar e outros nomes respeitados. Hoje esse partido mais parece um covil de salteadores. Quem prestava saiu amedrontado, inclusive, porque a semelhança de Stalin, Lula e Dilma não permitem discordâncias em relação a sua maneira abjeta de governar e ao seu macabro e danoso projeto de eternização no poder.
Quem se lembra do Toninho do PT? Era prefeito de Campinas, ao se incompatibilizar com a organização criminosa do Lula foi morto a tiros. Celso Daniel era do PT, prefeito da cidade de Santo André. Certo dia discordou do esquema que seu partido criara objetivando desviar dinheiro do Erário para custear campanhas políticas. Foi torturado e morto com oito tiros. No rebojo desse contexto morreram mais sete pessoas em períodos próximos com bastante probabilidade, segundo os promotores, de serem assassinadas por saberem demais.
Pois bem, naquele tempo, 2001/2002, o Lula abafava tudo, estava por cima igual cobertura de sorvete. Hoje a casa está caindo. A companheirada do Petrolão é investigada pela Polícia Federal sem que Lula ou Dilma pelo menos até agora tenham conseguido evitar.
Na Câmara Eduardo Cunha está forte feito Ferrabrás, prova disso foi o nocaute aplicado no ex-ministro Cid Gomes quando este desdenhou dos deputados. Não há articulador político no Palácio do Planalto que aplaque a inconformação dos deputados, inclusive os da base governista. O Ministro Mercadante está preste a rodar. Ele não é mais grosso por falta de espaço.
Renan por ser do PMDB é uma mistura de Rasputin com Judas Iscariotes. Quando a coisa está boa para ele, diz amém à Dilma, quando não, devolve a Medida Provisória.
Quisera Deus que o tempo fechasse tanto nas ruas quanto no Congresso, que esse Governo escarlate evaporasse e essa precipitação conduzisse Dilma, Lula, Ruy Falcão, João Vacari, Zé Dirceu, Barusco, Paulo Roberto Costa e muitos outros, criminosos para longe do Brasil, por ser de JUSTIÇA.
Dr. Francisco Mello Advogado Criminalista – OAB-MT 9550 – Especialista em Direito Penal e Processual Penal e Professor de Carreira.

NENHUM COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO