​​Vice-governador participa das comemorações de 25 anos de Associação e é homenageado
Supermoveis

Fullbanner2


​​Vice-governador participa das comemorações de 25 anos de Associação e é homenageado

Fonte:
SHARE
Mato Grosso é o quinto maior produtor de carne suína do país. Somente em 2016, o estado registrou um rebanho aproximado de 2,3 milhões de cabeças e cerca de 143.200 matrizes, representando o maior crescimento na produção nos últimos tempos. E grande parte desse trabalho, deve-se a atuação da Associação dos Criadores de Carne Suína do estado, que comemorou 25 anos de existências nesta sexta-feira (06).O vice-governador Carlos Fávaro participou das festividades e também foi homenageado pelo trabalho prestado à suinocultura mato-grossense.
Durante a cerimônia realizada à noite, Fávaro destacou a atuação do governo do estado destinada ao setor. “O governo, inclusive, assinou, nesta quinta-feira, a redução da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para produtores de suínos, que caiu de 12% para 6%, com o intuito de ampliar o número de frigoríficos e de empregos e, consequentemente, favorecer o crescimento do setor no estado”, disse.
Fávaro também ressaltou o trabalho desenvolvido pelo Instituto de Defesa Agropecuária do Estado (Indea-MT), que recebeu o status de zona livre de peste suína clássica, o que possibilitou a abertura de novos mercados para a carne suína mato-grossense. Segundo ele, com a retirada da vacinação da febre aftosa bovina, em 2021, novos mercados internacionais serão abertos.
“Além disso, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente revisou todos os termos de referência e, a pedido da Arismat, foi unificado o termo de referência que trata de licenciamento das granjas com autorgas d’àgua. “Tinham que ser feitos dois licenciamentos, o que causava muito transtorno, pois tomava tempo, dinheiro e tirava competitividade. Também reduzimos em 40% o tempo médio de licenciamento e aumentamos em 269% o número de outorgas d´água, trazendo mais oportunidades à suinocultura de Mato Grosso”.
Em seu discurso, o presidente da Acrismat, Raulino Teixeira Machado, reconheceu o empenho do governo em buscar melhorias para o setor. “Temos dialogado muito com o estado e agradecemos todo o apoio recebido. Nos próximos anos, a produção de carnes deverá crescer ainda mais e esse trabalho refletirá muito no futuro”, enfatizou ele. O presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos Marcelo Lopes, parabenizou a relação entre o governo e a Associação. “Em todos os estados onde existe essa parceria, as Associações desenvolvem um trabalho vitorioso. Co certeza, Mato Grosso serve de exemplo para outros estados brasileiros”.
Moção de Agradecimento
No período da tarde, o vice-governador foi um dos homenageados pela Acrismat na Assembleia Legislativa. “Agradeço aos deputados pela justa homenagem a esses 275 empreendedores que acreditam no potencial do estado e colocaram Mato Grosso na quinta posição no ranking nacional. Tenho certeza que com a força de vontade desses produtores, aliada ao esforço do governo e a atuação da Assembleia Legislativa, certamente vamos figurar como o maior produtor brasileiro de carne suína. Somos um gigante na produção de proteína vegetal e, com certeza, também seremos na produção de proteína animal”.
Montreal